100%

Câmara aprova Projeto de lei que institui o Dia Municipal do Trabalhador de Construção Civil

A Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade de votos o Projeto de Lei do Legislativo que institui o Dia Municipal do Trabalhador de Construção Civil, de autoria do vereador Evandro Pegoraro (PT). O presidente do sindicato da categoria, Vilmar Barro, acompanhou a votação.

O projeto de Lei prevê que a comemoração seja realizada no dia 26 de outubro. Conforme Pegoraro, o objetivo é reunir em uma única data o reconhecimento de diversos profissionais da área, como as categorias previstas no projeto de lei: arquiteto; engenheiro civil; mestre de obras; encarregados; pedreiro; carpinteiro; armador bombeiro hidráulico – encanador; gesseiro; calceteiro; pintor; eletricista; servente ou ajudante; e trabalhadores qualificados não relacionados.

Para Pegoraro a data é importante, porque além das comemorações, será possível organizar campanhas de conscientização à segurança de trabalho. “Uma forma também de reconhecer o trabalho daqueles que constroem e, nós podemos ver de forma física, em casas, prédios e obras a dedicação e o empenho de cada um deles”, destacou. O projeto passará pela segunda votação no dia 21 de maio.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 10/05/2018 - 11:37:47 por: Divaleia Salete Casagrande - Alterado em: 10/05/2018 - 14:42:23 por: Divaleia Salete Casagrande

Notícias

Dia do Gaúcho é lembrado na Câmara de Vereadores
Dia do Gaúcho é lembrado na Câmara de Vereadores

Hoje, 20 de setembro, é comemorado o Dia do Gaúcho. A data foi lembrada na Sessão Ordinária, desta quinta-feira, na Câmara de Vereadores de Concórdia. “Ser gaúcho é um sentimento. É preservar tradições e culturas, comentou Fabiano Caitano, que relembrou a influência que teve por parte do pai.

Indicação sugere que município possa repassar recursos para escolas gerenciarem de forma direta para pequenas demandas
Indicação sugere que município possa repassar recursos para escolas gerenciarem de forma direta para pequenas demandas

Facilitar e dar mais agilidade para a direção das escolas municipais e também dos Cmeis de Concórdia com o repasse de recursos que possam ser utilizados para a execução de pequenos reparos nos educandários. Está é a sugestão do vereador Claiton Casagrande (PR) que sugere para que o município possa adotar o modelo de repasse àquele adotado pelo governo do Estado.