100%

Caitano confirma para vereadores que município não precisará devolver dinheiro federal utilizado na construção do prédio da UPA

O vereador Fabiano Caitano (PSDB) informou na Câmara de Vereadores o resultado positivo da viagem do prefeito Rogério Luciano Pacheco (PSDB) a Brasília. Na bagagem, o prefeito trouxe a confirmação que o município não irá precisar devolver os recursos investimentos para a construção do prédio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em torno de R$ 2 milhões.

Conforme Caitano, no local será instalada uma Estratégia de Saúde da Família (ESF). Como o município se enquadrou no Decreto assinado pelo presidente Michel Temer (MDB), - para que o valor utilizado na construção não fosse devolvido, a obra deveria ser utilizada para atendimentos na área de saúde, e confirmada a inviabilidade financeira de abrir as portas das UPAs, o município agora irá trabalhar para implantar o atendimento com foco em prevenção.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 05/07/2018 - 14:18:21 por: Divaleia Salete Casagrande - Alterado em: 05/07/2018 - 14:18:21 por: Divaleia Salete Casagrande

Notícias

Dia do Gaúcho é lembrado na Câmara de Vereadores
Dia do Gaúcho é lembrado na Câmara de Vereadores

Hoje, 20 de setembro, é comemorado o Dia do Gaúcho. A data foi lembrada na Sessão Ordinária, desta quinta-feira, na Câmara de Vereadores de Concórdia. “Ser gaúcho é um sentimento. É preservar tradições e culturas, comentou Fabiano Caitano, que relembrou a influência que teve por parte do pai.

Indicação sugere que município possa repassar recursos para escolas gerenciarem de forma direta para pequenas demandas
Indicação sugere que município possa repassar recursos para escolas gerenciarem de forma direta para pequenas demandas

Facilitar e dar mais agilidade para a direção das escolas municipais e também dos Cmeis de Concórdia com o repasse de recursos que possam ser utilizados para a execução de pequenos reparos nos educandários. Está é a sugestão do vereador Claiton Casagrande (PR) que sugere para que o município possa adotar o modelo de repasse àquele adotado pelo governo do Estado.