100%

Caitano trata na Câmara da ordem de serviço para o projeto da segunda etapa da Rua Senador Attilio Fontana

O vereador Fabiano Caitano (PSDB) destacou no Poder Legislativo de Concórdia, a ordem de serviço para que a empresa vencedora da licitação, FGS Engenharia Geotecnia e Ambiental Ltda, de Porto Alegre (RS), possa executar a elaboração do projeto da segunda etapa da duplicação da Rua Senador Attilio Fontana. “A empresa tem 60 dias para elaborar o projeto de uma obra que é muito esperada por todos. A obra começa no trevo da BRF e segue o trevo do bairro dos Estados”, comentou.

O projeto custará R$ 92.980,00 e o custo da execução da obra só poderá ser estimado depois de finalizado o projeto, já que os valores vão depender da solução apresentada pela empresa para o muro de contenção. No primeiro projeto, o muro custaria aproximadamente R$ 2 milhões.

 O projeto da obra precisou ser refeito, porque o primeiro não atendia os critérios técnicos para garantir a segurança do muro de contenção que precisa ser feito em parte do projeto. A construção da terceira pista na Rua Senador Attilio Fontana iniciou ainda em agosto de 2015.

Protocolos desta Publicação:Criado em: 11/09/2018 - 10:07:51 por: Divaleia Salete Casagrande - Alterado em: 11/09/2018 - 10:11:31 por: Divaleia Salete Casagrande

Notícias

Dia do Gaúcho é lembrado na Câmara de Vereadores
Dia do Gaúcho é lembrado na Câmara de Vereadores

Hoje, 20 de setembro, é comemorado o Dia do Gaúcho. A data foi lembrada na Sessão Ordinária, desta quinta-feira, na Câmara de Vereadores de Concórdia. “Ser gaúcho é um sentimento. É preservar tradições e culturas, comentou Fabiano Caitano, que relembrou a influência que teve por parte do pai.

Indicação sugere que município possa repassar recursos para escolas gerenciarem de forma direta para pequenas demandas
Indicação sugere que município possa repassar recursos para escolas gerenciarem de forma direta para pequenas demandas

Facilitar e dar mais agilidade para a direção das escolas municipais e também dos Cmeis de Concórdia com o repasse de recursos que possam ser utilizados para a execução de pequenos reparos nos educandários. Está é a sugestão do vereador Claiton Casagrande (PR) que sugere para que o município possa adotar o modelo de repasse àquele adotado pelo governo do Estado.