100%

Casagrande sugere que licitações possam cobrar de empresas sistema de Compliance

O vereador Claiton Casagrande (PR) sugeriu por meio de indicação que o Poder Executivo passe a exigir em editais de licitação pública passem a exigir a implantação de programas de Compliance no âmbito das empresas que celebram contrato de permissão, concessão ou parceria público-privada com a administração municipal.

Conforme o vereador, o objetivo de adotar este sistema é reconhecer e estimular as empresas a trabalharem de acordo com as regras impostas para o segmento a qual pertencem. “Em termos didáticos, significa que as empresas poderão estar totalmente alinhadas normas, controles internos e externos, além de todas as políticas e diretrizes estabelecidas para o seu negócio. E, isto vale para as esferas trabalhista, fiscal, contábil, financeira, ambiental, jurídica, previdenciária, ética entre outras”, comentou.

Para Casagrande, além de ajudar na organização as empresas, e diminuir o fechamento – dados mostram que 50% dos empreendimentos encerram as atividades antes de cinco anos e apenas 20% chegam aos 10 anos de atividade -, o poder público e a sociedade também ganham.

Ele exemplificou a situação com a obra da Escola Básica Municipal Joao Theobaldo Magarinos, que teve serviços que precisaram ser refeitos. “É uma forma de beneficiar a cadeia de atendimento para a população e de cuidar dos recursos públicos de forma ainda mais responsável”, destacou.

CAPS
 Casagrande também destacou o segundo encontro municipal realizado pelo CAPS que tratou da saúde mental, na quarta-feira, 10. Para ele, é um importante assunto que precisa ser trabalhado de forma preventiva.
Protocolos desta Publicação:Criado em: 11/10/2018 - 15:36:14 por: Divaleia Salete Casagrande - Alterado em: 11/10/2018 - 15:36:14 por: Divaleia Salete Casagrande

Notícias

Câmara tem as duas últimas sessões ordinárias de 2018 na próxima semana
Câmara tem as duas últimas sessões ordinárias de 2018 na próxima semana

A penúltima Sessão Ordinária de 2018 da Câmara de Vereadores de Concórdia terá diversos projetos de lei para serem apreciados em Plenário. O objetivo é encaminhar os projetos para que o Executivo possa dar andamento normal às atividades, como os que tratam de abertura de suplementação de valores.

LOA é entregue para o Poder Executivo
LOA é entregue para o Poder Executivo

O presidente da Câmara de Vereadores de Concórdia, Artêmio Ortigara, entregou na  quarta-feira, 5 de dezembro, o Projeto de Lei 64/2018 que aprovou o orçamento do município de Concórdia, para 2018.

Projeto de Lei que autoriza regulamentação dos food trucks é aprovado na Câmara
Projeto de Lei que autoriza regulamentação dos food trucks é aprovado na Câmara

O  Projeto de Lei Complementar 16/2018 que trata de uma alteração no Código de Posturas para permitir que o Poder Executivo possa realizar a regulamentação para o comércio na modalidade de food truck em Concórdia, foi aprovado em primeira votação, na manhã desta terça-feira, quatro de dezembro, pela Câmara de Vereadores, por unanimidade de votos.