100%

Câmara devolve R$ 815 mil para a Prefeitura de Concórdia

A Câmara de Vereadores de Concórdia devolveu aos cofres do município, na manhã desta sexta-feira, 28, o valor de R$ 815.865,32. O saldo é a sobra da receita repassada pelo Poder Executivo para o exercício de 2018.  O repasse para o Legislativo é feito com base na receita tributária e transferências correntes do exercício anterior, limitada a 7% para municípios com até 100 mil habitantes.

Por lei, a Câmara teria um limite de orçamento de R$ 15.143.058,53 neste ano, mas o gasto foi de apenas R$ 3.415.783,39. Uma diferença de quase R$ 12 milhões. No recurso devolvido, soma-se o rendimento da aplicação financeira, de quase R$ 6 mil.

 “Em 2017, o valor devolvido foi menor, porque o orçamento da Câmara também foi menor. Mesmo assim, tomamos todo o cuidado para devolver o valor necessário para ser revertido em outros serviços para a população”, destacou o presidente Artêmio Ortigara (PR).

O prefeito de Concórdia, Rogério Luciano Pacheco (PSDB) destacou a responsabilidade com os recursos públicos, que poderão ser utilizados para atender as demandas apresentadas pelo Legislativo. “Quem ganha com este valor é a sociedade concordiense, e é um valor importante para ser utilizado para a comunidade”, pontuou.

O presidente da Câmara de Vereadores, Artêmio Ortigara (PR) destaca que a devolução do recurso é fruto do trabalho de economia, baseado em uma gestão que teve por objetivo oferecer transparência e ações para a comunidade, com o menor custo possível.

“Para isso, por exemplo, investimos em tecnologia, melhorando a qualidade da transmissão ao vivo das sessões, reduzindo custos, inclusive encerrando um contrato terceirizado, passando todo o serviço para os servidores da Casa, que tem feito o trabalho de forma adequada”, destacou.

Acompanharam o ato de devolução o vice-prefeito de Concórdia, Edilson Massoco (PR), o líder do governo, Fabiano Caitano (PSDB), o vice-presidente da Mesa Diretora, Anderson Guzzatto (PR), e o segundo Secretário da Mesa, Claiton Casagrande. Parte da equipe de governo também acompanhou o ato de devolução. O valor já está depositado na conta da Prefeitura de Concórdia.

Redução de diárias e custos

Para preservar o dinheiro público, a atual Mesa Diretora, também reduziu ainda em 2017, as diárias dos vereadores, por meio da Resolução em 15%. Ortigara também abriu mão de receber 50% a mais que teria direito, por ser Presidente da Câmara. “ Foram mais de duas mil proposições analisadas, em assuntos que diretamente estão ligados com a população concordiense”, comentou Ortigara.

Outras medidas também foram adotadas, como por exemplo, negar o pedido de alguns vereadores que no começo de 2017, ou seja, desta atual legislatura, solicitaram que o Legislativo disponibilizasse para cada um deles, um aparelho de telefone celular e vagas de estacionamento paga para os veículos pessoais. Os pedidos foram rejeitados, inclusive por outros legisladores que não faziam parte da atual Mesa Diretora.

Para o próximo ano, conforme atendimento a uma recomendação do Ministério Público, acatada pelo atual presidente Ortigara, os servidores comissionados também irão bater ponto de forma eletrônica. “Os servidores já cumprem a jornada e é uma maneira de dar ainda mais transferência ao trabalho realizado dentro da Câmara”, pontuou.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 28/12/2018 - 11:57:36 por: Divaleia Salete Casagrande - Alterado em: 28/12/2018 - 13:43:51 por: Divaleia Salete Casagrande

Notícias

Câmara devolve R$ 815 mil para a Prefeitura de Concórdia
Câmara devolve R$ 815 mil para a Prefeitura de Concórdia

A Câmara de Vereadores de Concórdia devolveu aos cofres do município, na manhã desta sexta-feira, 28, o valor de R$ 815.865,32. O saldo é a sobra da receita repassada pelo Poder Executivo para o exercício de 2018. O repasse para o Legislativo é feito com base na receita tributária e transferências correntes do exercício anterior, limitada a 7% para municípios com até 100 mil habitantes.

Câmara tem as duas últimas sessões ordinárias de 2018 na próxima semana
Câmara tem as duas últimas sessões ordinárias de 2018 na próxima semana

A penúltima Sessão Ordinária de 2018 da Câmara de Vereadores de Concórdia terá diversos projetos de lei para serem apreciados em Plenário. O objetivo é encaminhar os projetos para que o Executivo possa dar andamento normal às atividades, como os que tratam de abertura de suplementação de valores.

LOA é entregue para o Poder Executivo
LOA é entregue para o Poder Executivo

O presidente da Câmara de Vereadores de Concórdia, Artêmio Ortigara, entregou na  quarta-feira, 5 de dezembro, o Projeto de Lei 64/2018 que aprovou o orçamento do município de Concórdia, para 2018.